6
Jan

Uma menina do Concelho de Castro Daire, sem recursos económicos e que sofre de paralisia cerebral, recebe segunda-feira, uma cadeira de rodas eléctrica, entregue pela Fundação Vítor Baía 99, para que consiga deslocar-se sozinha.

A Marie Victória nasceu com paralisia cerebral há 14 anos e vive com a avó materna em Eidô, Monteiras, Concelho de Castro Daire, Distrito de Viseu, "num contexto familiar pouco estruturado", explica à Agência Lusa Paula Teixeira, professora que acompanha a Victória desde Setembro, na Escola EB 2,3 de Castro Da ire.

"A mãe deixou-a há alguns anos com a avó, numa casa em condições de habitabilidade degradadas, sem água canalizada, nem luz eléctrica", acrescentou.

A aluna do 6º E "tem paralisia dos quatro membros, deslocando-se apenas numa cadeira de rodas velha, herdada de uma criança que faleceu".

A professora contou que "a Victória precisa que lhe empurrem a cadeira, senão está sempre no mesmo sítio".

"Precisa mesmo de uma cadeira de rodas eléctrica mas, como é muito cara , custa quase três mil euros, apresentei a situação à Fundação Vítor Baía 99, que se mostrou sensível com este caso", referiu.

A nova cadeira eléctrica "vai permitir que a Victória se desloque pelos seus próprios meios, através de um comando com joystick, que vai controlar com a mão esquerda, membro que consegue mexer melhor".

Para além da deficiência motora, "em termos cognitivos tem também algum as dificuldades, acima de tudo vincadas pela falta de estímulo", alega a docente .

A nova cadeira de rodas será entregue a Marie Victória segunda-feira, p elas 15:00, na EB 2,3 de Castro Daire, pela mão de Vítor Baía e Pepe, jogadores do FCP.

A Fundação Vítor Baía 99 foi criada em Junho de 2004 e tem como objectivo apoiar as crianças e os adolescentes carenciados das mais diversas formas.

FONTE: Redacção Sportugal

Esta notícia já foi consultada 2098 vezes
 
Publicidade