8
Fev
Crianças Deficientes da ADEF - Associação Desenvolvimento e Formação de Pessoas de Condição Especiais de Cabo Verde, passam a partir de agora a dispor de consultas gratuitas na Clínica Privada Medicentro Lda.

Um protocolo de cooperação entre a ADEF e a Medicentro vai ser assinado hoje, na Cidade do Mindelo, e consiste na disponibilização duas vezes por semana de consultas gratuitas para crianças deficientes que fazem parte da lista da ADEF nas ilhas de São Vicente, Santo Antão e brevemente na ilha do Sal.

Segundo o presidente da ADEF, este protocolo vai permitir melhorar as condições de vida das pessoas especiais.

"São cerca de 15 crianças que fazem parte da lista da ADEF e outras crianças de Santo Antão, S. Nicolau e brevemente a ilha do Sal que passarão a dispor de atendimento de saúde na clínica".

Ainda no âmbito deste protocolo a Associação dos Deficientes vai contar com o apoio da Medicentro para a aquisição de alguns equipamentos que irão servir as crianças deficientes principalmente as que sofrem de paralisia cerebral e uma ambulância que servirá as duas instituição.

O protocolo tem a duração de uma ano renovável.



Esta notícia já foi consultada 2346 vezes
 
Publicidade