22
Mai

Através de 800 instituições de solidariedade social, o projecto Banco de Equipamentos vai fazer chegar equipamentos eléctricos e informáticos a mais de 200 mil pessoas.

O projecto é da Entrajuda, conhecida pelo Banco Alimentar, e recolhe equipamentos de empresas e particulares para os fazer chegar a quem mais precisa. Os responsáveis do projecto têm uma parceria também com o Instituto do Emprego e Formação Profissional para inserção social de desempregados e contam com a promoção de voluntariado para a organização do apoio.
O Entrajuda tornou-se também a primeira entidade do país a beneficiar do estatuto de Microsoft Authorized Refurbisher para recondicionar computadores.

Os equipamentos recolhidos podem ser novos ou estar em condições de serem reutilizados. Os responsáveis do Banco de Equipamentos apontam para três objectivos: reduzir o impacto ambiental da incorrecta destruição de resíduos; dotar tecnologicamente as Instituições de Solidariedade Social (IPSS) e outras entidades com actividade social relevante; disponibilizar equipamentos a pessoas carenciadas, apoiando a inclusão social.


Esta notícia já foi consultada 2026 vezes
 
Publicidade