15
Jan
O primeiro-ministro anunciou hoje a antecipação em um ano, para 2009, da meta de ter 8.200 camas na rede de cuidados continuados. Numa primeira fase da aplicação deste programa, o Governo decidiu "aprovar todas as candidaturas tecnicamente válidas que foram apresentadas ao concurso já aberto".
"Os respectivos contratos serão assinados na quinta-feira: representam mais 3.138 camas, sendo o financiamento público de 65 milhões de euros", apontou José Sócrates.

Esta notícia já foi consultada 1812 vezes
 
Publicidade