1
Fev
A Associação Nacional de Apoio ao Idoso criou em Coimbra um «banco de ajudas técnicas» aos mais carenciados, para evitar que idosos permaneçam «retidos» nos hospitais por falta de condições de acolhimento nas suas habitações, refere a Lusa.

«Muitos idosos são retidos nos hospitais por falta de condições para serem acolhidos em suas casas, têm alta clínica mas não têm alta social», declarou Susana Pinto, técnica de Serviço Social daquela associação.

Agora, a ideia é fornecer aos idosos com menores recursos, a título de empréstimo e de forma gratuita, diversos equipamentos e material ortopédico, nomeadamente camas articuladas, cadeiras de rodas ou para o duche, andarilhos articulados, e colchões tripartidos.

O Centro de Recursos em Bem-Estar do Idoso, hoje apresentado, é um projecto apoiado pelo programa «EDP Solidária».

Susana Pinto salientou tratar-se de idosos com «reformas muito pequenas, muitos sem dinheiro para medicamentos e até comida, quanto mais para adquirir aquele tipo de equipamentos».

«O material é entregue em casa do idoso e fornecido sem qualquer custo», frisou, referindo a importância que os equipamentos têm na qualidade de vida dos beneficiados.

Numa primeira fase, a ANAI espera abranger entre 200 a 300 idosos carenciados do concelho de Coimbra, proporcionando-lhes «um rápido acesso» aos equipamentos.

«Temos muitos pedidos dos centros de saúde para o fornecimento destes equipamentos, dadas as carências a esse nível», afirmou Susana Pinto.



Esta notícia já foi consultada 2080 vezes
 
Publicidade