30
Out
A Secretaria Regional dos Assuntos Sociais já apresentou o Plano Gerontológico da Região Autónoma da Madeira - “Viver mais, Viver melhor”.

Actualmente, 15 por cento da população madeirense tem mais de 65 anos e a estimativa é que, em 2050, a faixa etária a partir dos 65 anos represente mais de 57 por cento dos madeirenses. Por isso, o secretário regional dos Assuntos Sociais entende ser urgente “começar a construir já uma cultura de autonomia e independência” da pessoa idosa.

O documento tem como finalidade fomentar uma actuação intersectorial e multidisciplinar que promova a saúde, a participação, a segurança e a independência dos mais velhos para que possam viver mais e com melhor qualidade de vida. O objectivo do Plano é o de melhorar a qualidade de vida ao maior número de pessoas com mais de 65 anos. Para cumprir este objectivo, foram traçados três eixos: o do envelhecimento activo, o da dependência e segurança e ainda o da capacitação e formação específica.

Esta notícia já foi consultada 1866 vezes
 
Publicidade