15
Dez
O Governo quer investir mais de 200 milhões de euros para concluir a rede de cuidados continuados dentro de três anos, noticia a RR. São verbas do “Euromilhões” canalizadas através dos Ministérios da Saúde e da Solidariedade Social que irão agora para a Grande Lisboa e Grande Porto.

O Executivo decidiu antecipar a conclusão da rede em três anos. A ministra da Saúde quantificou alguns aspectos. “Nesta legislatura temos previsto investir mais de 200 milhões de euros e juntar à rede mais 10 mil camas de internamento nas diferentes valências. As novas respostas irão cobrir pontos do país em que ainda não existe equidade no acesso à rede devido à escassez das respostas existentes”, disse.

A rede de cuidados continuados tem quase oito mil lugares, mas apenas metade são camas. Por outro lado, o Governo apenas define as regras, praticamente toda a rede depende de Misericórdias e outras instituições particulares de solidariedade social.

Esta notícia já foi consultada 1643 vezes
 
Publicidade