10
Nov
No âmbito de um programa que objectiva que crianças do ensino especial em todo o país deixem de viver numa situação de ilegalidade, hoje onze jovens sem nacionalidade portuguesa e com deficiência, da área de Lisboa, receberam os seus títulos de residência.

De acordo com Rui Pereira, ministro da Administração Interna, um dos objectivos do Governo é de estender o programa “Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) vai às escolas” a alunos com deficiência que estejam inseridos em Cooperativas de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados (CERCIS) nacionais.
Esta notícia já foi consultada 2301 vezes
 
Publicidade