5
Dez

Três mil e 633 pessoas portadoras de deficiência foram inseridas desde 2007, em vários projectos sociais, no âmbito do programa de reabilitação baseada na comunidade (PRBC) e de trabalho e geração de renda (PTGR), na província do Bengo, pela direcção provincial de Assistência e Reinserção Social.

A informação foi avançada hoje, domingo, em Caxito, pela directora provincial de Assistência e Reinserção Social, Anastácia de Vasconcelos, por ocasião do Dia Internacional da Pessoa Portadora de Deficiência assinalado a 03 de Dezembro.

A responsável fez saber que os dois programas (PRBC e PTGR) estão a ser implementados numa primeira fase, nos municípios do Dande, Ambriz, Icolo e Bengo e Dembos, e poderá estender-se noutras municipalidades nos próximos tempos.

O PRBC, disse está vocacionado ao projecto de moto-táxis, da Coca-Cola e de auto-construção dirigida, tendo já 13 deficientes beneficiado de casas próprias.

Realçou que o PTGR, iniciado em 2009, constitui um programa estratégico do governo que visa proporcionar uma melhoria de qualidade de vida das populações, incluindo jovens, idosos, deficientes e outras pessoas fora do sistema do emprego, sem qualquer subsídio financeiro que pode garantir a sua vida.

Este programa (PTGR), que está a ser implementado numa primeira fase, nos municípios do Dande, Ambriz, Icolo e Bengo e Dembos, contempla vários projectos das artes e ofícios, nomeadamente, nas especialidades de carpintaria, alfaiataria, agricultura, marcenaria, serralharia, barbearia, sapataria, electricidade e engraxador.

Segundo Anastácia de Vasconcelos, estes programas do governo tem entre outros objectivos atender as pessoas mais carentes, no sentido de atenuar o sofrimento destas, garantindo emprego e gerir rendimentos para subsistências das suas famílias.

Disse que, apesar do avanço dos programas, não se sente satisfeita, uma vez que pretende enquadrar mais deficientes nesses projectos.

Frisou que alguns deficientes beneficiaram igualmente de apoio técnico do Minars, consubstanciado em cadeiras de roda, canadianas, bicicletas, motorizadas, bengalas para cegos, cesta básica e reabilitação física.

Encorajou todos aqueles que se sentem inútil nesta sociedade, no sentido de aderirem os programas que o governo lhes oferece por forma a lutar na promoção, igualdade e oportunidades iguais.

Nota: O Dia Internacional da Pessoa Portadora de Deficiência foi instituído pela mesa da assembleia-geral das Nações Unidas a 03 de Dezembro de 1982.


Esta notícia já foi consultada 2190 vezes
 
Publicidade