22
Fev
No dia 10 de Abril, várias cidades vão unir-se em simultâneo em torno de uma iniciativa pioneira – a Corrida contra o Parkinson.

Lisboa, Faro, Coimbra, Leiria e Maia são algumas das cidades portuguesas que se associam a este evento internacional e realizam, à mesma hora, corridas de sensibilização para a doença de Parkinson. Esta corrida, que será organizada em vários países, tem como objectivo percorrer 40 mil quilómetros que representam simbolicamente a volta ao mundo.

Organizada pela Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson (APDPk), a corrida é uma iniciativa global que visa contribuir para sensibilizar a população para a doença de Parkinson.

“Esta iniciativa é muito importante para que as pessoas conheçam esta doença e compreendam as dificuldades que os doentes e familiares têm de ultrapassar no dia-a-dia. Todos juntos podemos unir forças e contribuir para melhorar as condições de vida dos portadores desta doença”, refere Helena Machado, presidente da APDPk.

Estas acções inserem-se nas comemorações do Dia Mundial do Doente de Parkinson, que se celebram a 11 de Abril. Este dia corresponde à data de nascimento de James Parkinson, o médico inglês que, em 1817, identificou e descreveu os sintomas da doença que viria a receber o seu nome.

A doença de Parkinson é uma doença neurológica degenerativa do sistema nervoso central, para a qual ainda não existe cura. É a segunda doença neurodegenerativa mais comum, atingindo mais de uma em cada mil pessoas na Europa. Em Portugal, cerca de 20 mil portugueses sofrem de doença de Parkinson.

A APDPk é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPPS) com sede em Lisboa e delegações em todo o país. Os seus principais objectivos são a sensibilização para a doença de Parkinson, apoio aos doentes e angariação de meios para intervir junto dos organismos competentes.


Esta notícia já foi consultada 2523 vezes
 
Publicidade