25
Jul

Os participantes ao 2º Conselho Consultivo Alargado da direcção provincial da Educação no Moxico recomendaram hoje, domingo, a expansão do ensino médio à distância em todos os municípios da província.

A recomendação vem expressa no comunicado final do encontro realizada no município do Cameia, que durou três dias, sob a orientação do director provincial da Educação, Abel Jones Piqui.

Entre outras questões, os participantes discutiram e aprovaram o cumprimento das actividades programadas no Conselho anterior, e apreciaram os objectivos gerais da educação, programa escolar, conteúdos, métodos, estruturas e meios pedagógicos.

Sugeriram às administrações municipais, no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e combate à pobreza, a criação de estruturas físicas nas sedes comunais, a semelhança das repartições municipais, para melhor coordenar e acompanhar o processo de ensino e aprendizagem nas respectivas áreas.

Nas comunidades com maior concentração populacional, enquanto se espera pela edificação de infra-estruturas escolares definitivas, foi recomendada a construção de escolas provisórias com material local, para absorver o número possível de crianças fora do sistema de ensino.

A reunião recomendou igualmente a uniformização dos programas e planos curriculares entre as escolas estatais e privadas, bem como maior acompanhamento do programa de alfabetização e aceleração escolar, com vista a reduzir o índice de analfabetismo nas comunidades rurais.

Às repartições municipais da educação foi recomendada em colaboração com as administrações municipais, a criarem lugares para a prática de desporto escolar com apoio das comunidades e estimular os professores e alunos que se destacarem nestas actividades.

No domínio do ensino especial os participantes defenderam a inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais nos estabelecimentos de ensino normal.


Esta notícia já foi consultada 4071 vezes
 
Publicidade