8
Out
 
Rock in Rio: pessoas com deficiência ficaram sem acesso
 
Apesar da presença bem esperada de Stevie Wonder a organização do Rock in Rio falhou para as pessoas com deficiência que, cegos como ele, foram ao festival para se divertir.
Esta crítica partiu do Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

A falha mais grave foi a falta de informação da equipa de apoio mesmo com perguntas simples.

Entre muitos problemas, não havia indicação de estacionamento para pessoas com deficiência e não estava sequer claro que os carros com faixas azuis entrariam nas áreas reservadas.

Também não havia casas de banho adaptadas em quantidade e nem sequer os autocarros eram acessí­veis.

A quarta edição do Rock in Rio foi um duro teste para a cidade que sediará a Olimpí­ada e Paraolimpí­ada de 2016. Em termos de acessibilidade, o Rock in Rio deixa claro que muito tem que se fazer.

Esta notícia já foi consultada 4925 vezes
 
Publicidade