14
Out
Helena Terra, directora do Centro Distrital de Segurança Social de reconheceu que "Há muito ainda a fazer no distrito de Aveiro” ao nível de respostas sociais no campo da deficiência. helena Terra fez estas declarações durante a sessão que assinalou a abertura do ano lectivo na CERCI de Estarreja.

“A taxa de cobertura de respostas sociais na área de intervenção das pessoas jovens e adultas com deficiência está muito abaixo daquilo que seria expectável”, afirmou um dia antes da inauguração de equipamento social em Albergaria-a-Velha, da APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, reforçando que mesmo com a nova estrutura o distrito continua com necessidades “muito acima da média”. A responsável aproveitou para reforçar a importância da aproximação deste tipo de instituições à comunidade e do papel do voluntariado.

Maria de Lurdes Breu, presidente da instituição, quer contribuir para uma resposta mais eficaz que passa pela instalação de um CAO – Centro de Actividades Operacionais “mais diversificado, com uma maior dimensão”; pela existência de um CRI – Centro de Recursos para a Inclusão, que sirva a comunidade “e não apenas os agrupamentos escolares”; e a construção da Casa da Sr.ª do Monte, um lar de acolhimento para casos emergentes.

Esta notícia já foi consultada 4293 vezes
 
Publicidade