21
Mai
Entre os dias 23 a 26, 30 e 31 de Maio, o Museu de José Malhoa promove o programa “Abraçar a Escultura”, visitas tácteis à Exposição de Escultura ao Ar Livre no Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha.

Após a visita, os participantes vão ter a possibilidade de criar as suas próprias obras tridimensionais, com material moldável. Pretende-se dirigir esta iniciativa ao público com necessidades educativas especiais, principalmente invisuais, assim proporcionando um acesso qualificado aos bens artísticos e culturais.

Conta o Museu de José Malhoa assumir este projecto como uma oferta educativa habitual, que contribua para a inclusão dos cidadãos com necessidades especiais, tanto na vida económica e social, como na cultural, potenciando a fruição desta colecção de arte portuguesa e abolindo algumas barreiras que lhes são impostas na área cultural.

A Exposição de Escultura ao Ar Livre, pela sua natureza de numeroso conjunto de obras de bronze e pela sua dimensão, reúne condições privilegiadas para os cidadãos as poderem tocar e sentir, sem as normais condicionantes inerentes à conservação das outras espécies em exposição no Museu.

O Museu de José Malhoa espera que esta seja uma oportunidade para a promoção da acessibilidade a todos os cidadãos e aguarda poder acolher todos os interessados.

A actividade, com duração de hora e meia (manhã: 10h30 às 12h00; tarde: 14h30 às 16h00), é gratuita. Inscrições até um dia antes da actividade

O público-alvo são pessoas com necessidades educativas especiais, invisuais e população em geral interessada.
Esta notícia já foi consultada 2753 vezes
 
Publicidade