29
Abr
Foram assinados os protocolos do Projeto “Tenho Voz”, da Associação de Apoio a Deficientes com Paralisia Cerebral Maria do Carmo Silva Melancia com os Agrupamentos de Escolas Alexandre Herculano e Dr. Ginestal Machado, Hospital Distrital de Santarém e os pais de três crianças. Os protocolos foram assinados no Salão Nobre dos Paços de Concelho de Santarém, na presença de Inês Barroso, vereadora da Câmara Municipal de Santarém, com o pelouro da Educação.

Esta iniciativa vai disponibilizar materiais de comunicação aumentativa e alternativa às crianças com deficiência. Para Helena Carona, presidente da Associação, “este projeto demonstra que se não existir comunicação tudo o resto é mais difícil. Se uma criança conseguir comunicar, é muito mais fácil lidar com ela”.

O projeto “Tenho Voz”, financiado pela Movimento Mais para Todos, Lidl e Sic Esperança, foi um dos 54 projetos aprovados num universo de mais de setecentas candidaturas, com um valor financiado superior a 21.800 €
Esta notícia já foi consultada 2721 vezes
 
Publicidade